Cuidados Com as Borrachas do Estilingue

Dicas de como aumentar a vida das borrachas do estilingue

Se tem uma experiência muito desagradável é você comprar faixas elásticas ou tripa de mico para o seu estilingue, guardar durante algum tempo e na hora em que você vai usar, está tudo grudado e melequento!

Pois é amigos... isto acontece com muita gente!

E como você sabe, os elásticos são a vida do estilingue, sem eles estilingue não é estilingue! (Agora fui fundo na filosofia, hein!!??).

Brincadeiras à parte, todos sabemos que as borrachas são um investimento dispendioso e sempre necessário, principalmente se você é um praticante inveterado de tiro ao alvo com estilingue.

Os cuidados para com o estilingue no geral, tanto para a forquilha como para as borrachas, são simples e tomam pouco tempo.

O principal cuidado é manter o seu estilingue guardado em local seco e fora da luz solar.

Locais úmidos oferecem riscos principalmente para as forquilhas em madeira, tornando-as mais vulneráveis a ação de fungos e dos temíveis cupins. Para os elásticos também, pois a hidratação deste tipo de borracha é o silicone, ingrediente que é muito afetado pela ação da umidade, tornando os elásticos mais frágeis.

Por outro lado, a luz tem um efeito extremamente nocivo para os elásticos.

Os elásticos (faixas e tubulares) devem ser guardados em local seco, fora da ação da luz e calor solar e sobretudo devem ser lubrificados com talco sem perfume ou algum polvilho antisséptico.

Pessoalmente, costumo fazer o seguinte: ao receber as fitas e tripas de mico, imediatamente já abro as embalagens e desenrolo as fitas, jogo o polvilho sem exagerar, espalho em toda extensão da banda elástica e depois enrolo e guardo num saco plástico, onde jogo mais um pouco de polvilho antes de fechar. No caso das tripas de mico, desenrolo e junto as duas pontas deixando o buraco virado para cima. Coloco dentro da tripa de mico umas 2 colheres de chá de polvilho para cada 5 metros de tripa de mico. Tampo os buracos, dou uma sacudida para espalhar o polvilho por dentro, enrolo e coloco num saco plástico onde jogo um pouco de polvilho por fora da tripa de mico também.

Todas as vezes em que vou cortar bandas elásticas, sejam fitas ou tubos, aproveito para dar uma nova lubrificada com polvilho.

Um outro cuidado que tenho é que todas as vezes em que tenho que trocar as fitas, aproveito e dou um trato na forquilha passando um pouco de óleo de peroba, deixo descançar por uma hora e depois passo um pano para retirar o excesso, antes de colocar as fitas elásticas.

As malhas de couro nunca devem ficar expostas ao sol, mesmo que você as tenha molhado. Se for o caso deixe secar na sombra pacientemente. Caso elas estejam ressecadas, passe vaselina líquida, deixe descansar por alguns minutos, retire o excesso e deixe para usar só daqui a uns 3 ou 4 dias. Lembre-se que a vaselina é ótima para hidratar o couro, mas é fatal para as fitas elásticas.